• MAIS DOIS IMPOSTOS CONTESTADOS COM SUCESSO POR LAUDOS DE AVALIAÇÕES

    Recentemente conseguimos realizar a contestação com sucesso de duas avaliações realizadas pela Fazenda Estadual para cobrança do ITCD, provando mais uma vez que a técnica supera a subjetividade, quando se trata de usar a metodologia certa para o cenário de mercado certo. Os resultados foram animadores, superaram-se...

    Leia mais

  • O MERCADO DE IMÓVEIS É CONFIÁVEL?

    Ao efetuar uma Avaliação imobiliária pelo Método Comparativo Direto de Mercado, muitas vezes nos deparamos com a oferta publicada no mercado. Ou seja publicou-se uma oferta e esta oferta se encontra na mesma rua, com área parecida da que queremos avaliar, ou mesmo padrão, por exemplo.  Acabamos adotando então...

    Leia mais

  • A VULNERABILIDADE EM AVALIAÇÕES IMOBILIÁRIAS SEM NORMATIZAÇÃO

    Uma avaliação imobiliária realizada sem Norma, não é uma avaliação, e sim um parecer, ou  opinião. Um parecer ou opinião não resguarda um valor, quando este serve para contestar uma desapropriação, um imposto, uma venda,  uma operação de crédito, ou uma avaliação para fins societários. Prover meios...

    Leia mais

  • A NORMA BRASILEIRA DE AVALIAÇÕES TEM FORÇA DE LEI?

    Não. Mas a legislação brasileira reconhece a ABNT como entidade responsável por determinar padrões mínimos de qualidade para produtos e serviços realizados no Brasil (conforme prevê o Código de Defesa do Consumidor no seu artigo 39). Dessa forma, as normas da ABNT são o principal critério usado para decisões...

    Leia mais

  • PRECISÃO É TUDO !

    Como pode-se saber se o valor a ser pago por um imóvel está correto. Pelo Método Comparativo de Mercado da NBR 14653,é possível chegar 80% de certeza no mínimo, graças a dois fatores; aplicação correta dos conhecimentos técnicos de Avaliação, e da experiência do Avaliador. A garantia da precisão numa Avaliação...

    Leia mais

  • CONTESTANDO UM VALOR DE UM IMÓVEL

    Valores de imóveis podem ser contestados,  quando o contexto de onde partiram, foi efetivado com bases empíricas não científicas. Hoje como sabemos todo mundo compra ou vende sem se dar conta de quanto pode estar perdendo numa transação imobiliária.  Métodos científicos como os presentes na NBR 14653 Partes...

    Leia mais

  • ONDE IREMOS MORAR?

    Os fatores de interferência externa, estão relacionados às alterações ocorridas na via ou bairro, estão entre os principais causas de obsoletismo funcional dos imóveis. Zonas que eram residenciais, e que hoje são comerciais, onde não compensa construir um prédio, se não for para alugar, ou adequar um imovel antigo...

    Leia mais

  • QUANTO VALE ENTÃO?

    Vale o valor de mercado que o Avaliador adotou. A conclusão é simples assim! Só que para se chega a ela, a coisa é bem diferente. Para se ter uma ideia, existe o valor arbitrado pela equação de regressão que é cientificamente calculado, e representado pelo termo central do campo de arbítrio ou do intervalo de...

    Leia mais

  • EXIJA DO SEU AVALIADOR, A NORMA BRASILEIRA DE AVALIAÇÕES

    Contrate uma avaliação sempre com o aval de uma das Normas Brasileiras de Avaliação  ABNT NBR14653, Partes 1 a 5. Estas Normas contém os métodos utilizadas  para medir cientificamente  o valor alcançado de um determinado  bem ou imóvel, e em via de regra,  adotada por profissionais de arquitetura...

    Leia mais

  • MAIS UM IMPOSTO CONTESTADO POR LAUDO DE AVALIAÇÃO

    Recebemos recentemente a noticia que o ITCD de um imóvel residencial em Porto Alegre foi  contestado com sucesso mediante  valor de mercado arbitrado  em Laudo de Avaliação. O imóvel em questão tratou-se uma residência de elevado padrão,  que  para fins de cobrança deste tributo, foi avaliada pela  Fazenda...

    Leia mais